O Atlas em sumário

Trata-se de um Atlas de Ondas Marítimas para 33 pontos ao longo das costas das Ilhas da Madeira e Porto Santo, e um ao largo, promovido pela AREAM e desenvolvido pelo INETI. Contém um extenso conjunto de estatísticas sazonais e anuais do clima de ondas e do recurso energético, estimadas segundo metodologias do Atlas Europeu de Energia das Ondas, um Projecto de I&DT da União Europeia, e do ONDATLAS, um Atlas similar desenvolvido pelo INETI para a costa continental de Portugal. Tem variadas aplicação em domínios da Energia, Navegação, Engenharia Costeira, Engenharia Naval, Geologia Marítima, etc.

O Atlas é distribuído em HTML, sendo pois consultado usando um browser comum como o Internet Explorer, Netscape Navigator, Opera ou Modzilla. A operação do Atlas requer portanto e apenas a competência para navegar por "aponte-e-clique" em imagens e texto, usando um rato ou outro apontador. Deve permitir-se ao browser utilizado correr comandos JavaScript para poder aceder aos menús; no entanto a navegação pode também fazer-se pelos mapas (estes sempre acessíveis pelo logotipo no canto superior esquerdo).

A impressão de informação pode naturalmente ser feita através dos comandos do próprio browser. O Atlas foi concebido para ser visto em ecrãs de resolução 1024 x 768 pixel, com tamanho de texto "médio", contudo pode ser utilizado sob outras resoluções e definições de tamanho de texto.

O acesso às estatísticas contidas no Atlas é feito local por local. O local pode ser seleccionado apontando em mapas ou via o menú que se encontra à esquerda em cima (de facto, ao lado deste parágrafo). Seleccionado ao local desejado, o utilizador pode escolher: o parâmetro ou par de parâmetros desejado, a estatística desejada, e um de três períodos de tempo: ano, Verão (Junho, Julho e Agosto) ou Inverno (Dezembro, Janeiro e Fevereiro):

  • Nome atribuído, coordenadas e profundidade de cada local.
  • Estatísticas médias mensais de altura significativa, período de energia, período de pico unidireccional, densidade de potência, direcção da ondulação e direcção de potência.
  • Densidade de probabilidade de altura significativa, período de energia, período de pico unidireccional e densidade de potência.
  • Densidade de probabilidade conjunta de altura significativa e período de energia, período de pico e direcção de ondulação; de período de pico unidireccional e direcção de ondulação; e de densidade de potência e direcção de potência.
  • Excedência de altura significativa e densidade de potência.
  • Extremos de alturas e de período.
  • Histogramas direccionais de direcção de ondulação e direcção de potência.

Todas as estatísticas são apresentadas como imagens em formato GIF e podem pois ser copiadas e transferidas para outro documento, por exemplo um relatório. A informação é sempre apresentada na forma de tabela com valores numéricos, excepto nas estatísticas de extremos. Contudo na grande maioria das vezes são apresentados igualmente os gráficos correspondentes. À excepção dos histogramas direccionais, todos os gráficos são "clicáveis": isto é, ao apontar e pressionar o botão esquerdo do rato é disponibilizada numa outra janela uma versão maior do mesmo gráfico.